Como escolher o Imóvel Ideal?

Você já sabe que quer uma casa, mas não tem ideia de como escolher entre tantas opções? Aqui estão algumas dicas para lhe ajudar a definir qual a melhor casa para você e para a sua família.

Depois de ter escolhido algum ou alguns bairros onde você gostaria de morar, é hora de escolher algumas casas para visitar. Sua lista deve ser preenchida por opções que tenham requisitos específicos, sem deixar de lado o  conforto que você gostaria de ter.

ListagemAo iniciar essa listagem, leve em conta se pretende morar em um terreno individual,  coletivo ou naqueles condomínios horizontais. Tem ainda casas de um piso, dois, com garagem, sem garagem, com pátio, com piscina, sobrados e ainda casas de alvenaria e madeira.

Avalie suas necessidades, seu orçamento, gostos pessoais e então decida se você quer uma casa recém-construída, uma casa antiga, ou uma casa que requer algumas (ou muitas) reformas.

Lembre-se ainda do potencial de revenda desse imóvel. Tanto a estrutura da casa, como o bairro são fatores importantes na hora de passar adiante a sua casa. Residências, por exemplo, que não tenham espaço para carros, como garagem ou pátios, dificilmente conseguirão ser revendidas, porém devem ter preços mais acessíveis.

Enquanto você está “caçando” a sua casa dos sonhos, uma boa ideia é ir fazendo anotações naquela sua lista, sobre o que você viu, suas impressões e ainda pode aproveitar e tirar algumas fotos. Em casas desocupadas esse processo é um pouco mais tranquilo, porém em casas onde o dono (ou inquilino) ainda reside, a tarefa de visitar requer outros olhos.

Casas com moradores geralmente estão decoradas, organizadas e, muitas vezes, bagunçadas. Por isso, se você for visitar uma casa ocupada tente ver além das cortinas estranhas e do sofá mofado. Pense nos tamanhos dos cômodos, na ventilação que as janelas proporcionam, e de como tudo ficaria com alguma limpeza e muita tinta.

Depois de passar por tudo isso não esqueça de fazer a oferta. Todo o corretor de imóveis tem uma história para contar sobre como um casal parecia ter encontrado a casa de seus sonhos, e no dia seguinte, quanto foi fazer a oferta, a casa já havia sido vendida, muitas vezes na noite anterior.

Histórias, ou estórias, a parte, quando você resolver agir pense nas consequências a longo prazo. Volte a sua lista de impressões, reveja as fotos tiradas, converse com algumas pessoas que já passaram por isso, dê uma olhada no seu bolso, e não se esqueça de ver a situação da documentação do imóvel.

Lar Doce LarSe a ideia é financiamento, passe no banco e converse com o seu gerente. A decisão final deve ser sua, mas essas pessoas geralmente vivenciam esses momentos várias vezes ao longo de uma semana.

Até você comprar o capacho com “lar doce lar”, você vai precisar de paciência, muita paciência.

Posts Relacionados:



Dicas para Pintar Casa e Apartamento

1 – Pense sobre o propósito da área (ou áreas) que você vai pintar. Por exemplo, a cozinha, sala de estar e sala de jantar são áreas sociais, onde cores quentes podem funcionar muito bem.

2 – Corredores e os quartos precisam ser ambientes calmos, tranquilos. Esse resultado, você pode obter com cores mais frias. A dica é sempre prestar a atenção do jeito como você se sente no ambiente, atualmente, e como vocês gostaria de se sentir.

Dicas para Pintar Casa e Apartamento3 – Cores quentes, baseadas em tons de amarelos, laranjas e vermelhos, tendem a estimular a sua mente. As cores frescas com variações de azuis, verdes e roxos, tendem a acalmar e relaxar a mente. Se você combinar as duas propostas pode conseguir um resultado muito interessante, mas também pode acabar criando uma atmosfera inquietante.

4 – Use a sua cor favorita. Olhe para suas roupas, objetos pessoais, quadros e móveis. Existe uma cor que você simplesmente não abre mão? Aquela cor que está por toda parte? Se você tiver uma cor favorita, você pode ser mais confortável ter ela pintada nas paredes. Considere esta lógica na escolha de cores. Jogue fora todas as possibilidades que você não gosta e procure aquelas que invocam memórias ou pensamentos positivos.

5 – Passe em alguma loja de tintas e pegue uma cartela de cores. Se quiser, visite alguns sites de marcas de tintas. Você pode ainda solicitar amostras de cores e fazer a prova na própria parede, ou ainda tirar uma foto do ambiente e decorá-lo virtualmente. Na internet está cheio de sites e programas que fazem isso com alguns cliques.
Tintas Pintar Casa e Apartamento6 – Escolha uma tinta de acabamento fosco ou brilhante. Um acabamento brilhante pode dar um ar mais dramático ao ambiente e também acaba refletindo mais luz, fazendo com que o seu quarto, por exemplo, pareça mais iluminado. Já um acabamento fosco vai dar o resultado oposto, cortando o brilho e, consequentemente, a sensação de iluminação.

7 – Peça conselhos. Se você ainda está sem nenhuma ideia, ou talvez só precisa de um empurrãozinho extra, peça ao assistente de uma loja de tintas ou a um designer de interiores, para dar alguma sugestão. Algumas lojas ou até mesmo profissionais especializados têm revistas e livros que mostram ambientes pintados e decorados. Você não precisa procurar um que seja exatamente igual ao seu, mas pode ter noções de espaço e combinações. No mínimo você terá ideias do que não deve fazer.

8 – De mesmo depois de pintar você não ficar satisfeito, quem sabe é hora de dar uma olhada naqueles adesivos específicos para decoração? Além de poder comprá-los pela internet, você dificilmente não vai encontrar um que seja perfeito para a sua cozinha, seu escritório ou ainda até mesmo para o seu banheiro.

Posts Relacionados:

Como Fazer uma Horta no Apartamento

Você está sentado em sua cadeira reclinável em seu apartamento no centro da cidade, carros e buzinas não param lá embaixo, e você só consegue pensar no dia em que vai fugir para um sítio? Bem, não basta sentar e sonhar. Enquanto você estiver plantada aí, nada vai florescer.

Você sonha em ter seus próprios vegetais e legumes orgânicos, frescos e livres de pesticidas?
Para começar, procure alguns recipientes, uma colher para usar como pá, e leve tudo para a sua sacada, ou área de serviço. Feito isso é hora de fazer o seu próprio adubo para adicionar à terra.

Horta no ApartamentoEm um outro recipiente, esse um pouco maior do que os outros e, de preferência, reservado em um canto escuro do apartamento (debaixo da pia, por exemplo), coloque pedaços de jornal, resíduos de cozinha (nem carne ou gordura), e borra de café. As minhocas seriam de grande utilidade (você pode comprá-las ou coletá-las gratuitamente após uma chuva em parques próximos). Aproveite essa ida ao parque e pegue algumas folhas também. E não esqueça de manter tudo umedecido.

Enquanto você espera suas minhocas fazerem o serviço, precisamos conseguir algumas sementes. Aqui vão algumas dicas sobre os melhores vegetais e legumes para se ter na sua horta de apartamento, levando em consideração o espaço e o ambiente:

– Brócolis: pequenos e podem ser plantados com uma distância mínima de 8 centímetros.

– Mini-repolho: podem ser plantados próximos uns dos outros, assim como o brócolis.

– Mini-cenouras: geralmente podem crescer até 4 centímetros, mas você vai precisar de um pote um pouco mais fundo, entre 6 e 8 centímetros. Plante-as utilizando uma distância de dois a três centímetros.

– Rabanetes e cebolinhas: todos os tipos podem ser cultivados em vasos, sem restrição.

Essas sementes podem ser encontradas em lojas especializadas, como grandes floriculturas, e ainda podem variar de acordo com a região onde você mora.

E que tal reservar um dos potes para as ervas? Manjericão, coentro e salsa para os temperos, e erva-cidreira, canela e camomila para um delicioso chá quente. Esses você pode encontrar nos próprios supermercados, e atrás do envelope tem todas as instruções de plantio e colheita.

Horta no Apartamento - PomarEntão, agora que temos uma horta completa, vamos começar a preparar o pomar? Não, eu não estou ficando louco. Se você ainda tem algum espaço na sacada (e alguma disposição), providencie vasos (específicos para pequenas árvores) e comece a produzir suas próprias maçãs, amoras, pêssegos, limões e até mesmo laranjas. Eu não estou brincando. Antes,  porém, verifique com o condomínio se há problema em ter um peso extra na sua sacada, e depois aproveite a visita à loja especializada e informe-se dos tipos de árvores de pequeno porte.

O segredo, nesse caso, é a poda. Você mantendo-as em um vaso com espaço restrito, adubando bem a terra, e podando para que os galhos não tomem conta do apartamento, o seu café da manhã tem grandes chances de começar na sacada e terminar na cozinha, com um delicioso, nutritivo e saudável suco.

Posts Relacionados:

Comprar Casa ou Apartamento?

Você está em dúvida entre comprar uma casa ou comprar um apartamento. Quer o espaço de uma casa, mas a segurança de um apartamento. Gostaria de um pouco mais de privacidade, mas sabe a vantagem de uma portaria 24 horas.

Comprar CasaEsses são alguns dos pontos que devem ser levados em consideração na hora dessa escolha.
Porém, não podemos deixar de lado outro aspecto fundamental e, na maioria dos casos,
decisivo: a manutenção.

Cuidar e manter uma casa requer atenção periódica a itens que, no apartamento,
provavelmente o condomínio se responsabilizaria, na casa dependem da sua disposição, como por exemplo, a manutenção da caixa d’água.

Aspectos mais íntimos também podem pesar nessa hora, como filhos, animais de estimação e até mesmo festas. Alguns condomínios não permitem animais domésticos, como cães e gatos. Outros não têm opções de lazer para as crianças, e tem aqueles em que o salão de festa é muito pequeno, ou simplesmente, muito disputado.

Morar numa casa é garantia de liberdade, pelo menos todo mundo pensa assim. Mas é claro que para toda a regra sempre existe uma exceção. Residências, principalmente nos últimos anos, têm sido alvo de ladrões. E para evitar o fácil acesso desses criminosos, moradores cada vez mais têm-se trancado com o auxílio de grades, cadeados e cercar elétricas.

Comprar Imóvel Apartamento

Muitas vezes o espaço útil e, nesse caso, seguro, é maior em apartamentos. Geralmente nesses casos os pátios são mais amplos, e mais vigiados, com seguranças e/ou câmeras. O valor disso tudo, claro, é repassado através das taxas altas de condomínio, mas há quem diga que compensa.

E mesmo depois de estar totalmente trancado e escondido, pelo menos no apartamento, você dificilmente consegue fugir dos vizinhos. Conversas no corredor, crianças chorando, passos com salto alto no andar de cima, latidos de cachorro, tudo isso é assustador para você? Pois é, mas essas coisas acontecem, ainda que você compre um apartamento no último andar, ou em
um prédio pequeno, o risco é eminente. Nunca sabemos quem pode vir morar ali ao lado, e essa talvez seja a frase que mais apavore os defensores das casas.

Se você acha que já está pronto para fazer a escolha certa, aí vai mais algumas informações úteis: na casa ao lado você pode ter a sorte do filho do vizinho ser presenteado com uma bateria ou uma guitarra. E se o garoto for dedicado, você corre o risco de ensaios diários, com direito a presença dos amigos do músico, que também pode ser instrumentistas como ele.

Brincadeiras a parte definir onde você vai dormir e acordar todos os dias requer planejamento. Pense financeiramente, organize os valores envolvidos em cada uma das opções e compare com o seu orçamento doméstico. Crie uma lista de pontos positivos e negativos. E se a dúvida ainda persistir procure conversar com amigos e conhecidos que tenham ambas experiências.

Posts Relacionados: