Comprar Casa ou Apartamento?

Você está em dúvida entre comprar uma casa ou comprar um apartamento. Quer o espaço de uma casa, mas a segurança de um apartamento. Gostaria de um pouco mais de privacidade, mas sabe a vantagem de uma portaria 24 horas.

Comprar CasaEsses são alguns dos pontos que devem ser levados em consideração na hora dessa escolha.
Porém, não podemos deixar de lado outro aspecto fundamental e, na maioria dos casos,
decisivo: a manutenção.

Cuidar e manter uma casa requer atenção periódica a itens que, no apartamento,
provavelmente o condomínio se responsabilizaria, na casa dependem da sua disposição, como por exemplo, a manutenção da caixa d’água.

Aspectos mais íntimos também podem pesar nessa hora, como filhos, animais de estimação e até mesmo festas. Alguns condomínios não permitem animais domésticos, como cães e gatos. Outros não têm opções de lazer para as crianças, e tem aqueles em que o salão de festa é muito pequeno, ou simplesmente, muito disputado.

Morar numa casa é garantia de liberdade, pelo menos todo mundo pensa assim. Mas é claro que para toda a regra sempre existe uma exceção. Residências, principalmente nos últimos anos, têm sido alvo de ladrões. E para evitar o fácil acesso desses criminosos, moradores cada vez mais têm-se trancado com o auxílio de grades, cadeados e cercar elétricas.

Comprar Imóvel Apartamento

Muitas vezes o espaço útil e, nesse caso, seguro, é maior em apartamentos. Geralmente nesses casos os pátios são mais amplos, e mais vigiados, com seguranças e/ou câmeras. O valor disso tudo, claro, é repassado através das taxas altas de condomínio, mas há quem diga que compensa.

E mesmo depois de estar totalmente trancado e escondido, pelo menos no apartamento, você dificilmente consegue fugir dos vizinhos. Conversas no corredor, crianças chorando, passos com salto alto no andar de cima, latidos de cachorro, tudo isso é assustador para você? Pois é, mas essas coisas acontecem, ainda que você compre um apartamento no último andar, ou em
um prédio pequeno, o risco é eminente. Nunca sabemos quem pode vir morar ali ao lado, e essa talvez seja a frase que mais apavore os defensores das casas.

Se você acha que já está pronto para fazer a escolha certa, aí vai mais algumas informações úteis: na casa ao lado você pode ter a sorte do filho do vizinho ser presenteado com uma bateria ou uma guitarra. E se o garoto for dedicado, você corre o risco de ensaios diários, com direito a presença dos amigos do músico, que também pode ser instrumentistas como ele.

Brincadeiras a parte definir onde você vai dormir e acordar todos os dias requer planejamento. Pense financeiramente, organize os valores envolvidos em cada uma das opções e compare com o seu orçamento doméstico. Crie uma lista de pontos positivos e negativos. E se a dúvida ainda persistir procure conversar com amigos e conhecidos que tenham ambas experiências.

Comentários

Deixe uma resposta