Como Financiar um Imóvel Sem Entrada?

Quanto se financia por um tempo maior, a parcela ficará menor, mas há mais juros. As pessoas sabem disso, mas na hora do financiamento eles se esquecem e acabam querendo sempre financiar por um tempo maior, esquecendo que assim eles vão pagar mais no final.

Esse planejamento é essencial para você conseguir pagar seu imóvel.

Há uma regra básica: o banco só pode emprestar dinheiro, caso a parcela comprometa até no máximo 30 %  de sua renda.

O financiamento sem entrada é ótimo para casais que acabaram de se casar. Nada melhor que a casa própria após o casamento.

Lista de Documentos Necessários Tiradas do Site da Caixa Econômica Federal:

HABITAÇÃO CAIXA – LISTA DE DOCUMENTOS INTERNET
Onde tem habitação, tem CAIXA.
Cliente ________________________________________________ CPF ________________
Cliente ________________________________________________ CPF ________________
Deverão ser apresentados originais e cópias dos seguintes documentos:
Carta de Crédito SBPE – Novo/Usado
Solteiro, Casado Comunhão Parcial, Casado Comunhão Total, Casado Separação Total, Casado Separado Divorciado,
Viúvo, União Estável – Assalariado, Assalariado Comissao, Aposentado Pensionista, Autonomo, Rendimento Aluguel – FGTS
Proponente(s)
Ficha Cadastro Pessoa Física
RG
CPF
Certidão de Nascimento
Certidão de Casamento regime comunhão parcial
Certidão de Casamento regime comunhão universal com apresentação do pacto antenupcial
Certidão de Casamento regime separação total com apresentação do pacto antenupcial
Certidão de Casamento com averbação da separação ou do divórcio
Certidão de Casamento com óbito averbado ou com a certidão de óbito do cônjuge
Declaração de União Estável
Certidão de Nascimento
Certidão de Casamento com óbito averbado ou com a certidão de óbito do cônjuge
Certidão Conjunta Negativa ou positiva com efeito de negativa de débitos relativa a tributos federais e dívida ativa da união
(www.receita.fazenda.gov.br)
Apresentar um ou mais dos seguintes comprovantes de renda
Declaração de Imposto de Renda e Recibo de Entrega
CTPS
Último contracheque
Extrato da conta vinculada do FGTS
Últimos 06 contracheques
Declaração de órgão previdenciário
Contrato de prestação de serviços + recibos de comprovantes de depósitos
Declaração do sindicato / cooperativa / associação
Decore com DARF (se acima do limite de isenção)
Recibo de Pagamento de Autônomo (RPA)
Contrato de aluguel + recibo ou extrato
Outros Documentos do Proponente
Declaração do Empregador
Solicitação de Movimentação de Conta Vinculada do FGTS
Declaração Negativa de Propriedade do Imóvel
Declaração de Isenção de Imposto de Renda
Contracheque que contenha o local da ocupação principal / local onde trabalha atualmente ou declaração do empregador,
Comprovante de residência, há pelo menos 01 ano com vencimento no mesmo mês e de anos diferentes: Conta de água ou luz
ou telefone ou gás ou TV por assinatura ou fatura do cartão de crédito ou extrato de conta bancária
Formal de partilha, devidamente registrado, se for o caso
Autorização de DébitoRequerimento para Débito em Conta – SBPE
Imóvel
Certidão atualizada de inteiro teor de matrícula contendo registro atual e ações reais e pessoas reipersecutórias
IPTU
Comprovante de recolhimento do Foro e Laudêmio, se imóvel sob efeito enfitêutico
É facultado à agência solicitar documentos adicionais em virtude de exigências regionais e/ou carasterísticas específicas do financiamento.

HABITAÇÃO CAIXA – LISTA DE DOCUMENTOS INTERNETOnde tem habitação, tem CAIXA.Cliente ________________________________________________ CPF ________________Cliente ________________________________________________ CPF ________________Deverão ser apresentados originais e cópias dos seguintes documentos:Carta de Crédito SBPE – Novo/UsadoSolteiro, Casado Comunhão Parcial, Casado Comunhão Total, Casado Separação Total, Casado Separado Divorciado,Viúvo, União Estável – Assalariado, Assalariado Comissao, Aposentado Pensionista, Autonomo, Rendimento Aluguel – FGTSProponente(s)Ficha Cadastro Pessoa FísicaRGCPFCertidão de NascimentoCertidão de Casamento regime comunhão parcialCertidão de Casamento regime comunhão universal com apresentação do pacto antenupcialCertidão de Casamento regime separação total com apresentação do pacto antenupcialCertidão de Casamento com averbação da separação ou do divórcioCertidão de Casamento com óbito averbado ou com a certidão de óbito do cônjugeDeclaração de União EstávelCertidão de NascimentoCertidão de Casamento com óbito averbado ou com a certidão de óbito do cônjugeCertidão Conjunta Negativa ou positiva com efeito de negativa de débitos relativa a tributos federais e dívida ativa da união(www.receita.fazenda.gov.br)      Apresentar um ou mais dos seguintes comprovantes de rendaDeclaração de Imposto de Renda e Recibo de EntregaCTPSÚltimo contrachequeExtrato da conta vinculada do FGTSÚltimos 06 contrachequesDeclaração de órgão previdenciárioContrato de prestação de serviços + recibos de comprovantes de depósitosDeclaração do sindicato / cooperativa / associaçãoDecore com DARF (se acima do limite de isenção)Recibo de Pagamento de Autônomo (RPA)Contrato de aluguel + recibo ou extrato      Outros Documentos do ProponenteDeclaração do EmpregadorSolicitação de Movimentação de Conta Vinculada do FGTSDeclaração Negativa de Propriedade do ImóvelDeclaração de Isenção de Imposto de RendaContracheque que contenha o local da ocupação principal / local onde trabalha atualmente ou declaração do empregador,Comprovante de residência, há pelo menos 01 ano com vencimento no mesmo mês e de anos diferentes: Conta de água ou luzou telefone ou gás ou TV por assinatura ou fatura do cartão de crédito ou extrato de conta bancáriaFormal de partilha, devidamente registrado, se for o casoAutorização de DébitoRequerimento para Débito em Conta – SBPEImóvelCertidão atualizada de inteiro teor de matrícula contendo registro atual e ações reais e pessoas reipersecutóriasIPTUComprovante de recolhimento do Foro e Laudêmio, se imóvel sob efeito enfitêuticoÉ facultado à agência solicitar documentos adicionais em virtude de exigências regionais e/ou carasterísticas específicas do financiamento.

Dicas Decoração de Móveis para Casa e Apartamento

Se você já pensou ou está pensando em renovar a decoração da sua casa, você sabe que tudo isso passa pelos seus móveis, e que o preço pode ser um pouco salgado. Além do estresse da reforma, os custos com nova mobília pode simplesmente acabar com o seu orçamento.

Sofá branco belíssimoE que tal dar uma nova cara para os seus móveis antigos? Em alguns casos apenas uma pintura diferente pode resolver, e já deixar a sua mesa de jantar parecendo nova, e ainda combinando com a pintura e a reforma. Você também pode pensar em aplicar técnicas de texturização, como a pátina em sua mesa. Nessa técnica o móvel ganha aparência rústica, e um charme a mais. Se a opção da pintura for muito radical, pensa em comprar almofadas para as cadeiras, ou comprar uma lâmina de vidro para por sobre a mesa.

Estante cubos ninhosSe a reforma foi na sala, você pode pensar em mudar o estofado do seu sofá, ou simplesmente comprar uma capa diferente, almofadas novas e um belo tapete.

Quadros também podem dar algum resultado rápido. Se você combinar um móvel que estava em outro local, e comprar um quadro, você pode ter uma nova configuração sem nenhum gasto exorbitante.

Já nos quartos, pense em troca a cor da cortina. Você não precisa comprar uma nova, mande apenas para o tintureiro e o resultado vai ser impressionante.

Renovando MóveisPara uma maior economia você pode usar apenas a técnica da dança das cadeiras: reorganize os móveis, troque-os de posição dentro do mesmo cômodo, ou troque-os de cômodo, função. Pegue um armarinho do corredor e coloque no hall de entrada. Pegue um poof do quarto e coloque nada sala.

A troca pode acontecer também fora da sua casa. Veja aquilo que não tem mais serventia para você e para a sua família, e faça uma troca com algum amigo ou parente. Já pensou se aquela poltrona do escritório combinar mais com a sala de estar da sua sogra? E se aquele gaveteiro dela ficar perfeito no seu quarto?
Móvel rústico reformadoNessas trocas possivelmente seja mais difícil achar um móvel da cor que você precisa. Sem problemas! Reconsidere aquela ideia de transformá-lo com um pouco de tinta e criatividade. Um gaveteiro, por exemplo, não precisa ter todas as gavetas da mesma cor. Brinque com a nova cor e a antiga tonalidade do móvel. Experimente apenas lixá-lo e abuse do rústico tendo uma mobília com cores cruas.

Comece agora a olhar os seus móveis com outros olhos. Olhe para aquela estante e veja o que pode ser feito para mudar completamente a sua aparência. Deixe para gastar com outras coisas. Hoje em dia é muito difícil encontrar móveis bons e baratos. Invista em você e na sua família, e não troque o conforto pela estética.

Móveis rústicos quarto

Comprar e Alugar Imóvel Atenção aos Truques do Mercado

Vende-se Imóvel JornalParece ser uma tarefa bastante simples: visitar sites especializados, olhar classificados em jornais e revistas, procurar por placas. Ainda que você não tenha nenhuma experiência em procurar imóveis para comprar ou alugar, isso não parece apresentar nenhuma dificuldade, certo? Errado. A primeira dica é procurar muito, e depois observar alguns passos importantes:

Anúncios
A ideia de quem está anunciando é, com toda certeza, finalizar o negócio. Até aí nenhuma dúvida, o problema está nos métodos muitas vezes utilizados. Tanto em sites quanto em jornais, alguns proprietários e imobiliárias utilizam de artifícios para chamar a sua atenção. Aquele apartamento JK, por exemplo, pode se transformar em um apartamento de 1 dormitório tanto no título do anúncio como nas fotos.

Corretores
Todos os imóveis anunciados por corretores têm uma lista enorme de interessados e no dia seguinte serão vendidos. Você sempre ouvirá isso, não importa o contexto. Esses truques são para pressioná-lo a fazer uma oferta. Mas lembre-se: tenha paciência, pois um imóvel requer muita atenção, já que não poderá ser devolvido facilmente. Tanto na compra como no aluguel, você terá que preencher documentos e dar garantias.

Maquiagem
Toda maquiagem dura, em média, um ano. Após doze meses aquela parede mostra onde estão os buracos, o rodapé cai, os azulejos se soltam. O problema está exatamente nesse prazo, pois geralmente após todo esse tempo você já está morando no novo imóvel. Uma dica é procurar por toda essa maquiagem batendo nas paredes, por exemplo.

Comprar um imóvelVizinhança
Quando você for visitar um apartamento, veja o que tem na sua volta. Visite-o em diferentes horários. Daqui a pouco, se você visitá-lo apenas no sábado ou domingo, não vai conseguir perceber que bem ao lado da sua janela tem um barulho infernal, por exemplo.

Custos
Pesquise tudo que você gastará tanto na negociação como ao longo dos meses. Tome cuidado com condomínios que costumam fazer chamadas extras como pinturas, ou reformas. Pesquise se não está em tempo de fazer reformas, e se isso não pesará no se bolso.

Vagas
Quase todos os anúncios trazem uma vaga de garagem, porém quase 90% dos casos a vaga é apenas rotativa. Ou seja, você não terá nenhuma garantia de que seu carro ficará em segurança na garagem. Poucos prédios têm vagas, e sim estacionamentos. Pergunte se a vaga está escriturada, ou se é rotativa. Uma variação do golpe é dizer que a vaga é prevista em ata de condomínio. Ela ainda assim não é sua, e ainda você poderá perdê-la. Verifique a tal ata, e converse com os outros moradores.

Serviços
Verifique o que tem de serviços extras, e como é feito o pagamento desses adicionais. Alguns poderão ser pagos quando utilizados, porém, na maioria dos casos, você pagara por tudo mesmo sem utilizar.

Quanto devo Pagar por um Imóvel?

Valor de ImóvelVocê encontrou a casa dos seus sonhos! Após longa busca, finalmente, decidiu que quer comprar o imóvel. Isto marca um passo importante em seu objetivo de se tornar um proprietário, mas para isso acontecer de fato, você precisa dar uma oferta primeiro.

Seu corretor de imóveis vai apresentá-lo ao vendedor, ou você pode falar diretamente com ele, caso não esteja utilizando um agente. Se sua oferta for aceita, basta dar entrada na documentação.

A oferta é essencial. É importante estar, por isso, bem orientado. O mais importante é ter expectativas realistas, para que você tenha mais chances de sair com um resultado positivo.

Antes de formalizar a sua proposta é importante que você responda às seguintes perguntas:

 

De quanto deve ser a minha oferta?

Este é um dos fatores mais influentes na aceitação ou rejeição de uma oferta. O preço não pode ser aleatório. Para isso, você deve saber o real valor de mercado do imóvel para comprar, algo que o seu agente imobiliário pode ajudar, ou se você deseja investigar de forma independente, avalie as vendas parecidas na mesma área onde a está a propriedade.

Se você souber em quanto está avaliado o imóvel, ou já tiver uma oferta, pense em algo bem próximo desses valores. Isso não significa que deva ser abaixo desse preço. Dependendo da propriedade há momentos em que o valor da oferta excede o preço de venda. Esta decisão é sempre do comprador.

Sabendo por quanto foi avaliado, e por quanto tempo está exposto a venda você pode conseguir determinar um preço de oferta.

 

Quem está vendendo?

Você sabe quem é o vendedor? Se a sua oferta está sujeita a aprovação de terceiros, pode demorar um pouco para você ter um retorno. Ou ainda se o imóvel for de um banco ou de um fundo de investimento, essa decisão não tem muito espaço para negociação.

Quais são as exigências locais de onde está a propriedade?

Esclarecer se há restrições quanto a decoração, pintura e plantação no quintal, e se o condomínio (se houver) inclui serviços, e quais são esses serviços.

 

CorretorO que está incluído na venda?

Veja se estão incluídos os equipamentos e acessórios que estão na propriedade. Não presuma que tudo que você viu quando foi visitar, de fato vai ficar quando você comprá-la. Pergunte sobre ventiladores, ar-condicionados, cortinas e outros eletrodomésticos, principalmente itens sob medida.

 

Quais são os custos envolvidos na minha compra?

Além do preço, pergunte se os vendedores cobram porcentagens e veja se você está disposto a pagar. Você também deve incluir os custos por reparos, e principalmente com a documentação. Veja se toda a documentação está em dia, e se não há impostos atrasados.

 

Quando vai acontecer a venda?

A oferta deve definir a data de aprovação, o depósito inicial e depósito adicional e também a origem do crédito. É importante saber a data em que a propriedade será entregue, principalmente se a propriedade estiver ocupada.

Disposição dos Cômodos e Áreas de um Imóvel

A disposição de sua casa é provavelmente uma das escolhas mais importantes que você vai fazer. Independentemente se você mora em um apartamento, num condomínio ou em uma casa, a disposição dos cômodos dependerá, na maioria das vezes, do seu estilo de vida.

Abaixo você tem 7 dicas para tentar ajudá-lo nessa escolha:

Planta de Imóvel1 – Escolha uma planta que se adapte ao seu estilo de vida. Leve em consideração o tamanho da sua família, as idades das crianças, se você pretende ter animais de estimação, plantas. A quantidade de móveis que você pretende ter, a quantidade de pessoas que podem vir a frequentar sua casa. A maioria das famílias que têm crianças pequenas gosta de ter espaços quartos próximos da suíte do casal. Ao passo que famílias com adolescentes preferem quartos e banheiros um pouco mais separados, independentes.

2 – Você geralmente dá festas? Recebe hóspedes, convidados? Muitas plantas são centradas na questão social, como cozinhas amplas, lavabos. Outras são ótimas para hóspedes com quartos extras. Se você e sua família não gostam de muito agito, ou não têm o hábito de receber hóspedes, opte por salas, cozinhas e banheiros afastados dos dormitórios, aumentando a privacidade dos moradores no caso de visitas inesperadas.

Planta Casa Dois Andares3 – Um ou dois andares? Às vezes uma casa de dois pisos pode ser mais atraente, mas algumas famílias acabam não aguentando o barulho que o andar de cima pode causar para quem está embaixo. Lembre-se também que quanto mais pisos, mais degraus para subir e descer, e maior a distância a ser percorrida.

 

Casa com Acessibilidade4 – Alguém precisa de alguma acessibilidade especial? Pretendem envelhecer na casa? Se você respondeu sim para alguma das perguntas anteriores, evite corredores apertados, degraus ou banheiros pequenos. Construções mais antigas tendem a ter corredores bem estreitos. Lembre-se que nem sempre é possível efetuar reformas estruturais no imóvel. Verifique essas possibilidades antes de efetuar qualquer compra.
Casa Quintal Gramado5 – Quanto tempo você quer passar ao ar livre? Considere imóveis com pátios e áreas de lazer, por exemplo, se você gosta de tomar banho de sol. Varandas, piscinas e playgrounds são outras opções. Entretanto, não esqueça que quanto maior o número de opções, maior também pode ser o custo total do imóvel, ou do condomínio.
6 – Acesso fácil? Da garagem para a cozinha, ou da área de serviço para a rua, você tem fácil acesso? Lembre-se de que vai acontecer de um dia chegar com compras, e, nesses casos, se o acesso à cozinha é facilitado, a sua vida se torna mais fácil também.

Janelas PVC Imóvel7 – Janelas para onde? Veja se ao abrir todas as janelas há alguma corrente de ar. Existem construções que ficam abaixo no nível da rua. Evite, se possível. Não só de ar vive uma casa, mas também de claridade, sol. Alguns locais precisam de maior sol, como o banheiro, para evitar futuras incomodações como o mofo.

Comprar ou Alugar um Imóvel?

Sempre chega o momento em que decidimos declarar independência. A emancipação é mais um passo no desenvolvimento pessoal, uma vez que todo mundo precisa, mais cedo ou mais tarde, do seu próprio espaço, seu próprio teto.

Comprar ou Alugar uma CasaAinda que no Brasil a cultura seja de ficar, ficar e ficar na casa dos pais, uma hora você vai se perguntar: comprar ou alugar? É sempre melhor comprar uma casa? Em que casos devo optar por alugar? Cada um tem uma receita ideal, uma dica, sugestão, mas não adianta: você terá que escolher.

Quando você tem as duas opções em um mesmo patamar de possibilidades, alguns argumentos podem ser tornar mais importantes. É claro que, independente do contexto, esse passo de comprar ou alugar vai depender dos custos envolvidos, do seu orçamento e, principalmente, das suas expectativas.

E não adianta pensar a curto prazo. Não adianta pensar em sair de casa apenas para fugir de regras, ou estruturas familiares. É preciso projetar meses, anos, para então tomar a decisão.

Despesas iniciais

Se formos pensar em despesas iniciais, diretas, o aluguel é sempre mais acessível e prático. Nesses casos, muitas vezes você só terá o custo da caução ou do seguro. Já na compra, custos com documentos, escrituras, taxas e comissões são bastante elevados. Por esta razão, o aluguel é uma boa escolha para quem quer ter acesso fácil a sua primeira casa.


Chave para Comprar uma CasaDespesas a longo prazo

Pensar a longo prazo, quase sempre, é fator de decisão. Se pensarmos no custo mensal do aluguel, no valor que você pagará mensalmente e que não retornará mais, e contrapor com a parcela de um financiamento, por exemplo, optar pela compra parece a coisa mais óbvia e certa se fazer.

 

 

Os valores
Para efetuar uma compra, muitas vezes não basta apenas encontrar o imóvel perfeito. Para comprar de fato, você vai precisar ter crédito no banco, uma entrada, ou o valor total.

No Brasil, dificilmente você comprará um imóvel, em uma das capitais, por menos de R$100.000,00. E ainda: com esse valor, quase sempre o que você vai encontrar é um apartamento ou casa pequenos e sem garagem.

Taxas e TaxasTaxas

Além do aluguel, prepare-se para pagar despesas como condomínio e reformas. Não que isso deixe de existir se você efetuar a compra, mas se o imóvel for seu, você só terá essas duas taxas e nada mais.

E não se esqueça: todos os anos o preço do aluguel aumentará, inevitavelmente. Já na compra, você tem os juros, que podem ser prefixados ou pós-fixados, mas sempre estarão lá.

Não é simples decidir, e dificilmente você elegerá apenas um ou dois detalhes para fazer isso. Questões que envolvam dinheiro e crédito podem acabar decidindo por você, bem como o surgimento de grandes e bons negócios.

Como escolher o Imóvel Ideal?

Você já sabe que quer uma casa, mas não tem ideia de como escolher entre tantas opções? Aqui estão algumas dicas para lhe ajudar a definir qual a melhor casa para você e para a sua família.

Depois de ter escolhido algum ou alguns bairros onde você gostaria de morar, é hora de escolher algumas casas para visitar. Sua lista deve ser preenchida por opções que tenham requisitos específicos, sem deixar de lado o  conforto que você gostaria de ter.

ListagemAo iniciar essa listagem, leve em conta se pretende morar em um terreno individual,  coletivo ou naqueles condomínios horizontais. Tem ainda casas de um piso, dois, com garagem, sem garagem, com pátio, com piscina, sobrados e ainda casas de alvenaria e madeira.

Avalie suas necessidades, seu orçamento, gostos pessoais e então decida se você quer uma casa recém-construída, uma casa antiga, ou uma casa que requer algumas (ou muitas) reformas.

Lembre-se ainda do potencial de revenda desse imóvel. Tanto a estrutura da casa, como o bairro são fatores importantes na hora de passar adiante a sua casa. Residências, por exemplo, que não tenham espaço para carros, como garagem ou pátios, dificilmente conseguirão ser revendidas, porém devem ter preços mais acessíveis.

Enquanto você está “caçando” a sua casa dos sonhos, uma boa ideia é ir fazendo anotações naquela sua lista, sobre o que você viu, suas impressões e ainda pode aproveitar e tirar algumas fotos. Em casas desocupadas esse processo é um pouco mais tranquilo, porém em casas onde o dono (ou inquilino) ainda reside, a tarefa de visitar requer outros olhos.

Casas com moradores geralmente estão decoradas, organizadas e, muitas vezes, bagunçadas. Por isso, se você for visitar uma casa ocupada tente ver além das cortinas estranhas e do sofá mofado. Pense nos tamanhos dos cômodos, na ventilação que as janelas proporcionam, e de como tudo ficaria com alguma limpeza e muita tinta.

Depois de passar por tudo isso não esqueça de fazer a oferta. Todo o corretor de imóveis tem uma história para contar sobre como um casal parecia ter encontrado a casa de seus sonhos, e no dia seguinte, quanto foi fazer a oferta, a casa já havia sido vendida, muitas vezes na noite anterior.

Histórias, ou estórias, a parte, quando você resolver agir pense nas consequências a longo prazo. Volte a sua lista de impressões, reveja as fotos tiradas, converse com algumas pessoas que já passaram por isso, dê uma olhada no seu bolso, e não se esqueça de ver a situação da documentação do imóvel.

Lar Doce LarSe a ideia é financiamento, passe no banco e converse com o seu gerente. A decisão final deve ser sua, mas essas pessoas geralmente vivenciam esses momentos várias vezes ao longo de uma semana.

Até você comprar o capacho com “lar doce lar”, você vai precisar de paciência, muita paciência.